home / blog / Instituto Verdescola ajuda a suprir necessidades básicas de comunidade em meio à crise do coronavírus

Instituto Verdescola ajuda a suprir necessidades básicas de comunidade em meio à crise do coronavírus

Instituto Verdescola mobiliza voluntários e promove dezena de ações como doação de cestas básicas, campanhas de vacinação e confecção de máscaras para atender milhares de famílias em São Sebastião, litoral norte de SP

O Instituto Verdescola, que atende diariamente 1,2 mil crianças, jovens e adultos em cursos de reforço escolar, de qualificação e ETIM (Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio), além de cultura e esporte em São Sebastião, litoral norte de São Paulo – está organizando uma série de ações que visam minimizar os danos da crise geral causada pela pandemia do coronavírus. A ampla proximidade da ONG com a comunidade e o conhecimento da região permitiram à organização criar soluções de acordo com as necessidades das famílias, especialmente após a suspensão do atendimento presencial, no dia 18 de março.

Assim, o Instituto Verdescola iniciou uma campanha de doações de cestas básicas idealizada por sua fundadora, Maria Antonia Civita, sob a mentoria da presidente do conselho, Antonia Brandão Teixeira. A cesta é robusta: cada uma possui 33 itens, desde alimentos até produtos de higiene em quantidades adequadas para alimentar uma família média da região. O Verdescola doará cestas às famílias dos seus alunos e a outras em condição de vulnerabilidade, barqueiros, caiçaras e ambulantes.

A primeira doação angariou suprimentos para 850 famílias – para a comunidade que possui cerca de 3800 indivíduos – e mobilizou cerca de 30 pessoas para administração, logística e entrega. A fim de evitar aglomeração, a retirada das cestas básicas ocorreu no ginásio do Verdescola com horário agendado. Além disso, os voluntários envolvidos – muitos colaboradores do próprio instituto, utilizaram máscaras e luvas para evitar uma possível contaminação pelo Covid-19.

Outra ação desenvolvida foi a campanha de vacinação contra a gripe, em colaboração com a prefeitura da cidade. O Verdescola cedeu o espaço, forneceu materiais e apoiou na divulgação em seus canais de comunicação. Já a aplicação da vacina foi realizada por funcionários do posto de saúde. Além disso, o Verdescola está mobilizando voluntários para a confecção de máscaras de proteção a fim de doar à comunidade da Vila Sahy.

Impacto social – Quando o Instituto passou a atuar na Vila Sahy, em 2008, o local tinha o maior índice de violência e menor IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) da cidade. Ao longo de seus 12 anos de atuação, o Verdescola transformou a realidade da região, contando inclusive com o apoio de moradores locais. Isso é perceptível com o IDEB da escola Henrique Tavares de Jesus, que saltou de 4,6 (2007) para 6,2 (2017). Mais de três quartos dos alunos do colégio frequentam o Verdescola.

O Verdescola não promove apenas reforço escolar, mas resgata a dignidade das pessoas. A ONG atua como porta-voz da comunidade. Isso porque, desde o início, foi firmada uma parceria com a associação de moradores e o poder público.

Dessa forma, a Instituição cumpre um papel social que ultrapassa as fronteiras da educação. O Verdescola age de acordo com os interesses da comunidade, proporcionando às pessoas dignidade e autonomia.

 

 

Sobre o Instituto Verdescola (http://verdescola.org.br/)

Fundado em 2008 na Vila Sahy, em São Sebastião, com o apoio dos moradores da Baleia e Barra do Sahy, a ONG atua em projetos culturais, de esporte, educação e socioambiental. Ao longo desses 12 anos tornou-se referência de apoio à comunidade, extrapolando os limites da educação a fim proporcionar dignidade e oportunidade às pessoas. Hoje, o Verdescola atende cerca de 1,2 mil crianças, jovens e adultos na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMO APOIAR